quinta-feira, 16 de agosto de 2012

"A mulher é a casa"

quando li esta frase nesta etapa da minha vida, toda ela teve um novo sentido. li no post da Virgínia e a frase de Mia Couto perseguiu-me até agora. "A mulher é a casa". e não podia concordar mais com a Virgínia, há dias em que a casa nos engole. esta casa devorou-me lentamente durante uma semana sem eu me dar conta. pensando que a tinha dominado, passei-lhe as mãos pelas entranhas, mudei-lhe a cor. hoje, está tudo na mesma, tenho o corpo cansado e não tenho vontade. 
deve ser por isso que o Mia couto diz:  “Todos os dias a avó regava a casa como se faz com uma planta.(...)". eu sei Mia, devia ser todos os dias. eu sei que tenho sempre mil coisas na cabeça, a roupa e a casa nunca saem de lá. mas hoje não me apetece.



Sem comentários:

Enviar um comentário